domingo, dezembro 18, 2005

"Nasceu para fazer rir"


Hitchhiker classificou Bruno Nogueira de uma forma sucinta e clara: "Nasceu para fazer rir". Muitas pessoas traduziriam estas quatro palavras por apenas duas e um ponto de exclamação: "É parvo!". No entanto, se há alguém desta nova "fornada de humoristas", que se tanto aplaude e critíca, que não é parvo é o Bruno Nogueira.
Bruno Nogueira mostra-se a conhecer ao grande público no início do programa "Levanta-te e Ri" da SIC. Surge com um humor facilmente perceptível, corrosivo e pioneiro. Foi, provavelmente, o primeiro a ridicularizar o agora gasto Zé Castelo Branco mas, sobretudo, fascinou milhares de portugueses a gozar com cenas disparatadas do nosso quotidiano - recordo-me do relato na Aula Magna sobre o amigo que vai ter com ele e pergunta: "Estás cá?" - Rapidamente a girafa de Madagáscar passou a ser a figura de proa do programa das noites de segunda-feira, destituindo o repetitivo Fernando Rocha. Entretanto, começara a apresentar o Curto Circuito na Sic Radical, programa este que, após a saída do genial Rui Unas, tinha perdido energia e humor.
Como stand-up comediant Bruno Nogueira atinge o seu auge na festa de aniversário da SIC onde, num rasgo de improviso acerca do seu big boss Pinto Balsemão, atinge uma audiência para além do Levanta-te e Ri. É nesta altura que Bruno Nogueira mostra que não é parvo, ao contrário de muitos humoristas nacionais, desaparecendo do grande público. Para o ver, havia que pertencer a dois publicos restritos: o da SIC Radical e o do Teatro.
Bruno Nogueira mostra que, para além do dom com que nasceu, sabe gerir a sua imagem. Deixou de ser ele a procurar o público passando a ser o público a ir ao encontro dele. E ele corresponde com qualidade: um Curto-Circuito apresentado por ele arranca-nos gargalhadas com relativa facilidade; e como actor é visivel a sua evolução, principalmente na expressão e definição do gesto.
Por isto tudo, Bruno Nogueira vai acompanhar Francisco Penim na migração da Radical para a SIC generalista. Por isto tudo, estou ansioso para ver como é que ele vai reagir à pressão das audiências que mandam no mundo televiso português e que chutaram as Manobras de Diversão para a prateleira (e, provavelmente, para a SIC Comédia).
Bruno Nogueira (para além de ter nascido) trabalha para fazer rir!

1 Comments:

Anonymous freirinha diabólica said...

Subscrevo integralmente

8:43 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home