quinta-feira, maio 11, 2006

A Minha Referência #5 - Robert De Niro


Nesta rubrica tenho, exclusivamente, mencionado actores portugueses que tomo como geniais. É neste campo que eu me sinto confortável na crítica. No entanto, tenho outras referências, ou que me levem a prestar atenção a um filme, ou que me induzem a reparar em pormenores de qualidade na construção de personagens, ou que tenham virtudes técnicas de enaltecer num actor. Robert De Niro tem tudo isto. Mas penso que se destaca uma característica que impulsiona tudo o resto. Versatilidade.
Quando me refiro a versatilidade não estou só a dizer que Robert De Niro já fez muitos registos diferentes (o que nem todos os milionários actores podem afirmar), estou a dizer que fê-los inequivocamente bem. A variedade de grandes filmes em diversos registos é sem dúvida o corolário do curriculum deste actor. Há que destacar, no entanto, um registo em que Robert De Niro é um fora de série: o dramático, mais concretamente os jogos psicológicos. A expressão facial, os tempos de pausa, a voz, a atitude, tornam-no terrivelmente forte e, capaz de ser a principal referência de Hollywood para este tipos de filmes. Sendo que foi pela mão do realizador Martin Scorsese que Robert De Niro teve visibilidade para chegar a tal.
Outra característica que o faz ser muito admirado, e que começa a ser obrigatória para uma carreira em Hollywood, é o perfeccionismo, que o conduziu a: engordar 27 quilos e aprender boxe para uma melhor interpretação em "Touro Enraivecido"; afiar os dentes para a sua personagem em "O Cabo do Medo"; e a aprender a tocar saxofone para o filme "New York, New York".
No seu curriculum, Robert De Niro conta com dois Óscares: Melhor Actor Principal e Melhor Actor Secundário, em "Touro Enraivecido" e "O Padrinho: Parte II", respectivamente. E ainda mais quatro nomeações para Melhor Actor Principal nos filmes "O Cabo do Medo", "Taxi Driver", "O Caçador" e "Despertares".

1 Comments:

Blogger Hitchhiker said...

Para os fâs, no canal AXN, especial Robert de Niro, aos sábados à noite, durante o mês de Maio, onde poderão ver alguns clássicos como Frankenstein ou Sleepers.

6:59 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home