domingo, março 11, 2007

Hissing Fauna, Are You The Destroyer?

"Of Montreal isn't for everyone. Labyrinthine lyrics circle beguilingly around synthesized, twistingly psychedelic disco-rock. Their latest album, the dark and questing Hissing Fauna, Are You The Destroyer?, is like the sound of a nervous breakdown with a beat you can dance to." em BCMusic
Concedamos algo à partida a Kevin Barnes, dando a mão à palmatória. O homem tentou. O cérebro dos of Montreal, banda assídua nas lides de publicar cds, embarca neste oitavo trabalho da banda, uma vez mais, por novos caminhos. De forma mais ou menos acentuada, assim tem sido o percurso da banda. Experimentando, costurando, cozendo. Como convém a uma banda indie. Sempre com a rede Rock-Electrónica por baixo do trapézio.

Estes não são os mesmos of Montreal de sempre, fruto talvez das desventuras pessoais de Barnes (a mãos com uma mudança geográfica). Mas estão lá as referências de sempre e as semelhanças habituais. Prepare-se para entrar no universo muito próprio que é o Indie. Prepare-se para comparações com outras bandas contemporâneas como os Clap Your Hands Say Yeah!. Prepare-se para a amálgama experimental que os of Montreal juntaram em Hissing Fauna, Are Your The Destroyer?.
Um retrado deprimido e deprimente mas com, paradoxalmente, momentos de extâse, quase dançante. Muitos coros, muitos sons de fundo, muito sintetizador, sempre com um pano de fundo ambiental bastante negro. Morrissey aprova, mas de boas intenções está o inferno cheio. Dê um desconto quando ouvir o álbum pela primeira vez. Oiça de novo. Verá que o álbum melhor. Mas verá também que tanta ambição não teve eco, desta vez, no produto final. Um produto final que nunca chega a pegar de estaca em nenhum momento, que promete sempre mais.

Atente-se na paradigmática “The Past is a Grotesque Animal”. Um exercício arriscado, mas ambicioso, onde ambientes electrónicos de fundo oscilam entre uma promessa bem vinda e a sensação de fracasso, soando sempre um pouco a mais. “Bunny ain’t no kind of rider”, uma das mais bem conseguidas e melódicas faixas, é bom exemplo da qualidade que as experiências misturantes dos of Montreal pode proporcionar. A par de outras boas faixas, como “Cato as a Pun” (a fazer lembrar The Good, The Bad and The Queen.) ou “Gronlandic Edit” fazem valer a pena a audição.
Título: Hissing Fauna, Are You The Destroyer?
Autor: of Montreal

Nota: 6/10

1 Comments:

Anonymous gonn1000 said...

Intrumentalmente é interessante, da voz é que não gosto tanto, o vocalista é mais um clone do David Byrne.

6:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home